Programações de chaves com alarmes
Chave codificada: Como elas funcionam?
4 de junho de 2019
Chaves automotivas e residenciais
4 de junho de 2019

Programações de chaves com alarmes

Muitos condutores de veículos automotores no dia a dia, se preocupam com o combustível a ser colocado, com os pneus, bateria, freio, suspensão, entre outros.

Porém, há um item, que muitos não dão importância, que é a chave do veículo automotor.

O motivo da preocupação é com as programações de chaves com alarmes, já que se houver quedas constantes, amassamento, entre outros, não haverá o funcionamento adequado.

Além disso, é comum vermos os condutores colocarem a chave do veículo automotor junto com as demais, mas, o ideal seria estar em um chaveiro separado, principalmente, se a sua chave for codificada.

Não é raro encontrarmos pessoas com problemas em suas chaves codificadas. Por isso, é preciso saber como usar e evitar danificar sua chave. Veja a seguir:

 

Dicas para veículos com chaves codificadas

  • Bateria do controle

Alguns carros usam um controle remoto de alarme como chave. Porém, se não estiver funcionando é bem possível que o problema possa ser rapidamente resolvido, já que pode estar relacionado com a bateria.

Desta forma, faça a troca da bateria, conforme informado no manual de instruções do modelo.

Agora, caso na hora da compra do veículo automotor, tenha recebido um controle de travas e alarme direto de fábrica, provavelmente este controle, possui uma chave embutida.

  • Desgaste na codificação

Os modelos mais recentes de chaves, possuem uma codificação específica e tem como finalidade reduzir a probabilidade de roubo, pois não importa somente o formato da chave, mas também a programação existente no chip interno.

Mas, se a sua chave for antiga ou você possui o costume de deixá-la próximo a campo magnético, provavelmente, pode ter havido a perda da programação original.

Desta forma, precisará ir em alguma loja especializada para solucionar o problema através do serviço de programações de chaves com alarmes.

 

  • Checagem de danos

Em algumas situações, o problema pode ser mais sério. Por exemplo, se a chave já tiver caído por inúmeras vezes no chão, guardada de maneira errada ou amassada, estas situações podem danificar a parte elétrica e, consequentemente pode ter cortado a conexão do chip com a ponta da chave.

Desse  modo, será necessário consertar a chave do veículo, reconectando as partes. Mas, se o dano for muito maior, haverá a necessidade de ser solicitada uma nova chave.

 

  • O problema pode não ser a chave

Muitas vezes, o problema não é com a chave, mas sim com a fechadura.  Portanto, faça uma verificação, pode haver algo emperrando no interior ou até mesmo a parte eletrônica apresentar desgaste.

Com isso, precisará levar o seu veículo a um especialista para resolver o problema.

 

Faça contato com o Chaveiro Rodrigues em qualquer hora do dia ou da noite!

São mais de 15 anos de experiência!

Precisa de um chaveiro?

Conte com o Chaveiro Rodrigues!

Clique no botão abaixo para falar com nossa equipe. Estamos sempre prontos para te atender!

Os comentários estão encerrados.